SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue3Consumption of toothpaste and associated factors in a Brazilian population groupCutaneous melanoma in Latin America: a population-based descriptive study author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

CLEMENTE, Adauto Silva; LOYOLA FILHO, Antônio Ignácio  and  FIRMO, Josélia Oliveira Araújo. Concepções sobre transtornos mentais e seu tratamento entre idosos atendidos em um serviço público de saúde mental. Cad. Saúde Pública [online]. 2011, vol.27, n.3, pp. 555-564. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2011000300015.

Para compreender os modos de pensar e agir de pacientes idosos diante dos transtornos mentais, foram entrevistados 13 idosos (> 60 anos), atendidos em hospital público de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. A análise dos dados foi baseada no modelo de Signos, Significados e Ações. A maioria dos idosos negou a presença de qualquer transtorno mental, mas identificou signos de sofrimento mental, articulados em três categorias: nervoso, problema de cabeça e doidura. Todos referiram a sintoma que justificaria tratamento e destacaram como causas de transtornos mentais, problemas familiares e vivenciais, físicos, de alimentação e sono, fraqueza moral e debilidade atribuída ao envelhecimento. Apesar de a procura do atendimento ser atribuída à iniciativa de outrem, o tratamento é bem aceito e avaliado, mesmo com certas ressalvas articuladas aos seus próprios conceitos sobre causas e conseqüências de tais perturbações. Os medicamentos foram apontados como principal medida de tratamento, apesar dos efeitos adversos, da baixa eficácia e do modo como são preconizados pelos profissionais de saúde.

Keywords : Idoso; Saúde Mental; Transtornos Mentais.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese