SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue3Cutaneous melanoma in Latin America: a population-based descriptive studyValidity of two occlusal indices for determining orthodontic treatment needs of patients treated in a public university in Belo Horizonte, Minas Gerais State, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

BACKES, Vanessa et al. Associação entre aspectos psicossociais e excesso de peso referido em adultos de um município de médio porte do Sul do Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2011, vol.27, n.3, pp. 573-580. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2011000300017.

Estudo transversal de base populacional, com 1.100 adultos de São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil, investigou a associação entre aspectos psicossociais e excesso de peso. Entrevistas estruturadas foram realizadas utilizando-se questionário padronizado e pré-testado. Dados antropométricos foram referidos pelos participantes, e excesso de peso foi definido pelo índice de massa corporal (IMC) > 25kg/m². Aspectos psicossociais incluíram qualidade de vida (WHO-8:EUROHIS) e apoio social (Medical Outcomes Study). A análise dos dados foi realizada com regressão de Poisson modificada. Após ajuste para variáveis sociodemográficas e comportamentais, as prevalências de excesso de peso foram 19% (RP = 1,19; IC95%: 1,03-1,38) e 12% (RP = 1,12; IC95% 0,96-1,31) mais elevadas em pessoas com, respectivamente, baixa qualidade de vida e baixo apoio sócial, quando comparadas àquelas com níveis altos ou moderados nestas características. Os achados sugerem que aspectos psicossociais podem apresentar influência no excesso de peso, indicando, assim, a necessidade da atuação interdisciplinar em programas e ações para o controle de peso.

Keywords : Sobrepeso; Apoio Social; Qualidade de Vida; Adulto.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese