SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue7Risk and protective factors for breast cancer: a systematic reviewPerformance by cytology and hybrid capture II in screening for high-grade squamous intraepithelial lesions in women with HIV author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

BRAGA, José Ueleres; HERRERO, Maria Belén  and  CUELLAR, Célia Martinez de. Transmissão da tuberculose na tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina. Cad. Saúde Pública [online]. 2011, vol.27, n.7, pp. 1271-1280. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2011000700003.

A tuberculose é um problema de saúde pública na América do Sul e muitas estratégias de controle têm se mostrado ineficazes em cenários com intensa transmissão. O objetivo é determinar se a região da tríplice fronteira entre Brasil/Paraguai/Argentina constitui uma área de elevada transmissão da tuberculose. Um estudo ecológico foi conduzido com dados de incidência e as estimativas populacionais dos três países. Taxas médias de incidência foram calculadas para 2001 a 2007. Técnicas de análise espacial identificaram áreas de maior incidência na região por meio de mapas com suavizações bayesianas das taxas e médias espaciais. Nesse período, Foz do Iguaçu teve as mais elevadas incidências, seguido por Ciudad del Este no Paraguai e Puerto Iguazú na Argentina. Detectou-se cluster espacial de municípios com alto risco de ocorrência de tuberculose na região da tríplice fronteira. A tuberculose nessa área tem taxas de notificação ascendentes ou estáveis, municípios com incidência acima da média estadual e esta é uma região de elevada incidência e, portanto, de alta transmissão.

Keywords : Tuberculose; Controle Sanitário de Fronteiras; Áreas de Fronteira.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese