SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue7Tuberculosis transmission in the triple border region: Brazil, Paraguay, and ArgentinaAging and self-reported hearing loss: a population-based study author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

RAPOSO, Letícia Martins et al. Desempenho do exame citológico e da captura híbrida II no rastreamento de lesões intraepiteliais escamosas de alto grau em mulheres HIV+. Cad. Saúde Pública [online]. 2011, vol.27, n.7, pp. 1281-1291. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2011000700004.

As lesões intraepiteliais escamosas de alto grau (HSIL) são precursoras do câncer do colo do útero, com maior risco de ocorrência e desenvolvimento em mulheres HIV+. Neste trabalho, estimamos e comparamos o desempenho do exame citológico e da captura híbrida II no rastreamento das lesões precursoras em mulheres HIV+. A população de estudo compreendeu mulheres acompanhadas na coorte prospectiva aberta do Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas da Fundação Oswaldo Cruz (IPEC/Fiocruz). A colposcopia e histologia foram consideradas conjuntamente na definição do teste de referência. O exame citológico apresentou sensibilidade de 31,8% e especificidade de 95,5%, enquanto a captura híbrida II apresentou maior sensibilidade (100%) e menor especificidade (52%). As razões de verossimilhança para o teste positivo e negativo foram estimadas em 7,1 e 0,7 para o exame citológico e em 2,1 e 0,0 para a captura híbrida II, respectivamente.

Keywords : Neoplasia do Colo do Útero; HIV; Mulheres.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese