SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue7Dynamic study of tuberculosis mortality in São Paulo State, Brazil: a Bayesian approachOpportunistic screening for breast cancer among young women in Maranhão State, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

SILVA, Sabrina Letícia Couto da; FACHEL, Jandyra Maria Guimarães; KATO, Sergio Kakuta  and  BASSANESI, Sergio Luiz. Visualização dos padrões de variação da taxa de mortalidade infantil no Rio Grande do Sul, Brasil: comparação entre as abordagens Bayesiana Empírica e Totalmente Bayesiana. Cad. Saúde Pública [online]. 2011, vol.27, n.7, pp. 1423-1432. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2011000700017.

A mortalidade infantil é um sensível indicador de saúde. Conhecer o seu perfil geográfico auxilia na formulação de estratégias de saúde pública. O mapeamento de doenças tem por objetivo descrever a distribuição geográfica das taxas de mortalidade ou incidência de doenças por intermédio de mapas. Em razão da alta instabilidade das taxas brutas quando há pequenas áreas, utilizam-se os métodos de suavização bayesiana, que se valem de informações de toda a região ou da vizinhança para estimar as taxas. O artigo faz a comparação entre os métodos Bayesiano Empírico e Totalmente Bayesiano para as taxas de mortalidade infantil (dados acumulados de 2001 a 2004) no Rio Grande do Sul, Brasil. O trabalho aponta as vantagens do uso dos estimadores bayesianos na visualização espacial dos mapas. Os métodos Bayesianos Empíricos apresentaram resultados muito semelhantes aos dos métodos Totalmente Bayesianos e possuem a grande vantagem de ser de fácil utilização por profissionais da área de saúde, destacando igualmente os principais padrões espaciais da taxa de mortalidade no Rio Grande do Sul no período estudado.

Keywords : Mortalidade Infantil; Coeficiente de Mortalidade; Mapa de Risco.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese