SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue8Spatial analysis of neonatal mortality and associated factors in Salvador, Bahia State, Brazil, 2000-2006Association between types of need, human development index, and infant mortality in Mexico, 2008 author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

PAGOTTO, Valeria; NAKATANI, Adelia Yaeko Kyosen  and  SILVEIRA, Érika Aparecida. Fatores associados à autoavaliação de saúde ruim em idosos usuários do Sistema Único de Saúde. Cad. Saúde Pública [online]. 2011, vol.27, n.8, pp. 1593-1602. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2011000800014.

Foram investigados a prevalência e os fatores associados à autoavaliação do estado de saúde ruim em idosos usuários do SUS, em Goiânia, Goiás, Brasil. Estudo transversal, com amostra de idosos proporcional aos nove Distritos Sanitários de Goiânia. Os dados foram coletados após estudo piloto e treinamento da equipe de campo. A medida de associação foi a razão de prevalência (RP) e respectivos intervalos de 95% de confiança (IC95%). Realizou-se análise multivariada por regressão de Poisson hierarquizada. Em 403 idosos, a prevalência de autoavaliação do estado de saúde ruim foi de 27,5% (IC95%: 23,2-32,2), sendo 29,7% nas mulheres e 29,1% entre idosos com 60-64 anos de idade. As variáveis associadas após análise multivariada foram: ter menos de 1 ano de estudo, não praticar atividade física, uso de 5 ou mais medicamentos e perda de peso recente. Os resultados demonstraram elevada prevalência de autoavaliação de saúde ruim, e os fatores associados compreendem desde as condições sociais do idoso até as suas condições de saúde e estilo de vida.

Keywords : Idoso; Auto-Avaliação; Uso de Medicamentos; Perda de Peso.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese