SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue9Predicting the number of cases of dengue infection in Ribeirão Preto, São Paulo State, Brazil, using a SARIMA modelDifferential susceptibility according to gender in the association between air pollution and mortality from respiratory diseases author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

SIQUEIRA, Fernando Vinholes et al. Prevalência de quedas em idosos no Brasil: uma análise nacional. Cad. Saúde Pública [online]. 2011, vol.27, n.9, pp. 1819-1826. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2011000900015.

Foi realizado um estudo transversal com uma amostra composta de 6.616 idosos, moradores em áreas urbanas de 100 municípios de 23 estados brasileiros, que responderam sobre a ocorrência de quedas no último ano, e consequente fratura devido a quedas. A prevalência de quedas entre os idosos foi de 27,6% (IC95%: 26,5-28,7). Entre os que sofreram quedas, 11% tiveram fratura. Do total de idosos, 36% haviam recebido orientação sobre os cuidados necessários para evitar quedas, e cerca de 1% necessitou intervenção cirúrgica. As quedas associaram-se ao sexo feminino, idade avançada, nível socioeconômico E, aos obesos e aos sedentários. A prevalência de quedas na Região Norte mostrou-se significativamente diferente em relação às demais regiões. O estudo mostra que a prevalência de quedas no Brasil é alta e que a promoção de cuidados à saúde dos idosos relacionada a variáveis possíveis de serem modificados é uma necessidade.

Keywords : Idoso; Acidentes por Quedas; Prevalência.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English