SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue9Predicting the number of cases of dengue infection in Ribeirão Preto, São Paulo State, Brazil, using a SARIMA modelDifferential susceptibility according to gender in the association between air pollution and mortality from respiratory diseases author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

On-line version ISSN 1678-4464

Abstract

SIQUEIRA, Fernando Vinholes et al. Prevalência de quedas em idosos no Brasil: uma análise nacional. Cad. Saúde Pública [online]. 2011, vol.27, n.9, pp. 1819-1826. ISSN 1678-4464.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2011000900015.

Foi realizado um estudo transversal com uma amostra composta de 6.616 idosos, moradores em áreas urbanas de 100 municípios de 23 estados brasileiros, que responderam sobre a ocorrência de quedas no último ano, e consequente fratura devido a quedas. A prevalência de quedas entre os idosos foi de 27,6% (IC95%: 26,5-28,7). Entre os que sofreram quedas, 11% tiveram fratura. Do total de idosos, 36% haviam recebido orientação sobre os cuidados necessários para evitar quedas, e cerca de 1% necessitou intervenção cirúrgica. As quedas associaram-se ao sexo feminino, idade avançada, nível socioeconômico E, aos obesos e aos sedentários. A prevalência de quedas na Região Norte mostrou-se significativamente diferente em relação às demais regiões. O estudo mostra que a prevalência de quedas no Brasil é alta e que a promoção de cuidados à saúde dos idosos relacionada a variáveis possíveis de serem modificados é uma necessidade.

Keywords : Idoso; Acidentes por Quedas; Prevalência.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )