SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue10Alcohol addiction and associated factors in adults in Ribeirão Preto, São Paulo State, Brazil, 2006: the OBEDIARP ProjectSpatial risk and factors associated with edentulism among elderly persons in Southeast Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

SANTOS, Djanilson Barbosa dos; BARRETO, Mauricio Lima  and  COELHO, Helena Lutescia Luna. Consumo de medicamentos prescritos e não prescritos entre crianças residentes em áreas pobres de Salvador, Bahia, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2011, vol.27, n.10, pp. 2032-2040. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2011001000016.

A prevalência de uso de medicamentos prescritos e não prescritos foi investigada por intermédio dum estudo transversal, em crianças que vivem em áreas pobres da cidade de Salvador, Bahia, Brasil, em 2006. Estudo de base populacional que incluiu 1.382 crianças entre 4 e 11 anos de idade. O consumo de medicamentos prescritos e não prescritos nos 15 dias anteriores à entrevista foi considerado a variável dependente. Das 1.382 crianças, 663 (48%) haviam consumido ao menos um medicamento nos últimos 15 dias: 267 (40,3%) referidas pela mãe haviam consumido medicamentos prescritos e 396 (59,7%) consumiram medicamentos não prescritos. Os grupos farmacológicos prescritos mais consumidos foram analgésicos (42,3%), antibacterianos sistêmicos (21,3%) e antiasmáticos (16,5%). Os grupos farmacológicos não prescritos mais consumidos foram analgésicos (65,2%), antitussígenos (15,7%) e vitaminas (9,3%). Os resultados mostram uma alta prevalência do uso de medicamentos sem prescrição em crianças pobres, bem como elevada compra de medicamentos pelas famílias, evidenciando deficiências de cobertura do sistema de saúde.

Keywords : Prescrições de Medicamentos; Farmacoepidemiologia; Criança; Medicamentos Sem Prescrição.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English