SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue1Different equations for determining height among the elderly: the Bambuí cohort study of agingWorkers' Health Referral Centers and reporting of work-related injuries in Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

FIORI, Nadia Spada et al. Dez anos de evolução da prevalência de asma em adultos, no Sul do Brasil: comparação de dois estudos de base populacional. Cad. Saúde Pública [online]. 2012, vol.28, n.1, pp. 135-144. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2012000100014.

Há divergências na literatura quanto às tendências temporais da ocorrência de asma em adultos. Este estudo objetivou comparar a prevalência de asma em dois levantamentos realizados com um intervalo de dez anos, em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. Os dois estudos foram transversais, de base populacional e com estratégias semelhantes de amostragem. O primeiro, feito em 2000, incluiu 1.968 indivíduos, e o segundo, em 2010, 2.466 adultos (20-69 anos). A prevalência de chiado e falta de ar, nos últimos 12 meses, manteve-se estável após dez anos (6% e 6,1%, respectivamente). Em ambos os estudos, a prevalência de asma foi maior em mulheres e pessoas com renda familiar baixa. Houve aumento de 35,6% no diagnóstico médico de asma e de 32,2% na prevalência de asma na vida. Não houve variação percentual para sintomas atuais de asma e asma atual. A melhora socioeconômica local, observada entre os estudos, foi coerente com o aumento do diagnóstico medico, porém não refletiu um melhor manejo dos sintomas da asma, o que reforça a necessidade de investimentos em outros determinantes da doença.

Keywords : Asma; Adulto; Prevalência; Estudos Transversais.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English