SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue6Asthma and associated factors in students 13 and 14 years of age in São Luís, Maranhão State, BrazilSpatial evolution of cardiovascular mortality in Paraná State, Brazil: 1989-1991 and 2006-2008 author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

MOTA, Anne Karin Madureira da; MIRANDA FILHO, Adalberto Luiz; SARACENI, Valéria  and  KOIFMAN, Sergio. Mortalidade materna e incidência de dengue na Região Sudeste do Brasil: estudo ecológico no período 2001-2005. Cad. Saúde Pública [online]. 2012, vol.28, n.6, pp. 1057-1066. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2012000600005.

O objetivo desse estudo foi explorar a distribuição de efeitos reprodutivos em decorrência da infecção por dengue durante a gestação, entre 2001 e 2005. Foi realizado estudo epidemiológico com delineamento ecológico cujas unidades de análise foram municípios com mais de 80 mil habitantes na Região Sudeste do Brasil. Nestes, foi determinada a correlação entre a incidência de dengue em mulheres de 15 a 39 anos e indicadores selecionados de mortalidade (materna, fetal, perinatal, neonatal, neonatal precoce e infantil), por meio do coeficiente de correlação de Spearman. Foi observada a presença de forte correlação positiva entre as medianas das taxas de incidência de dengue em mulheres de 15 a 39 anos e as medianas da taxas de mortalidade materna (r = 0,88; IC95%: 0,51; 1,00), com coeficiente de determinação R2 = 0,78. A magnitude da correlação observada entre a incidência de dengue e a mortalidade materna na Região Sudeste é sugestiva de que a ocorrência da infecção durante a gravidez possa impactar negativamente a evolução desta, com repercussões para a mortalidade materna.

Keywords : Mortalidade Materna; Dengue; Gravidez.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese