SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue8Prevalence of tobacco use and associated factors among women in Paraná State, BrazilIntergenerational evolution of stature in Pernambuco State, Brazil (1945-2006): 2 - analytical aspects author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

VIEIRA, Érica Brandão de Moraes et al. Dor crônica, fatores associados e influência na vida diária: existe diferença entre os sexos?. Cad. Saúde Pública [online]. 2012, vol.28, n.8, pp. 1459-1467. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2012000800005.

Estudo transversal, pioneiro em São Luís, Maranhão, Brasil, com o objetivo de comparar homens e mulheres com dor crônica por meio da identificação dos fatores associados, caracterização da dor e influência na vida diária. Considerando a prevalência de 25%, nível de 95% de confiança e precisão de 3% foram entrevistadas 1.597 pessoas selecionadas por amostragem do tipo conglomerado. Na análise descritiva houve predomínio do sexo feminino, faixa etária entre 18 e 29 anos e cor parda. A prevalência de dor crônica foi maior nas mulheres em relação aos homens. Utilizou-se regressão logística para análise dos fatores de risco. Maior idade foi um fator associado à dor crônica em ambos os sexos. Nas mulheres, escolaridade a partir de 12 anos de estudos associou-se à menor prevalência, e estar divorciada/viúva e desempregada à maior prevalência de dor crônica. As regiões lombar e cefálica foram as mais referidas como locais de dor. Não houve diferença entre os sexos em relação ao tempo e intensidade dolorosa. A dor crônica teve maior influência na vida diária das mulheres e gerou mais sentimento de tristeza.

Keywords : Dor Crônica; Doença Crônica; Características Sexuais.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English