SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue8Underreporting of tuberculosis in the Information System on Notifiable Diseases (SINAN): primary default and case detection from additional data sources using probabilistic record linkageEducational levels and the functional dependence of ischemic stroke survivors author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

BARBOSA, Rose Elizabeth Cabral; ASSUNCAO, Ada Ávila  and  ARAUJO, Tânia Maria de. Distúrbios musculoesqueléticos em trabalhadores do setor saúde de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2012, vol.28, n.8, pp. 1569-1580. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2012000800015.

Estudo transversal que investigou a prevalência de distúrbios musculoesqueléticos e os fatores associados em uma amostra de 1.808 sujeitos do universo de 13.602 trabalhadores do sistema municipal de saúde de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. A prevalência foi avaliada com base no autorrelato de dor nos membros superiores, membros inferiores e dorso; a magnitude das associações foi estimada por meio da regressão de Poisson, em modelos univariados (p < 0,20) e multivariados (p < 0,05). A prevalência de distúrbios musculoesqueléticos foi de 49,9%; e permaneceu positivamente associada a ser do sexo feminino; viver com um companheiro; praticar atividade física menos que duas vezes por semana; relato compatível com transtorno mental comum; exercer cargos de dentista, técnico de odontologia e agente comunitário de saúde; alta demanda física e condições de trabalho inadequadas. Os resultados confirmam a complexidade dos distúrbios musculoesqueléticos e indicam pistas para a elaboração de programas de promoção da saúde nos estabelecimentos sanitários.

Keywords : Transtornos Traumáticos Cumulativos; Ocupações em Saúde; Saúde do Trabalhador; Condições de Trabalho.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese