SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue10Factors related to poor self-perceived oral health among community-dwelling elderly individuals in São Paulo, BrazilBrazilian version of the Non-communicative Patient's Pain Assessment Instrument (NOPPAIN): conceptual, item, and semantic equivalence author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

BRISCHILIARI, Sheila Cristina Rocha et al. Papanicolaou na pós-menopausa: fatores associados a sua não realização. Cad. Saúde Pública [online]. 2012, vol.28, n.10, pp. 1976-1984. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2012001000015.

O objetivo deste estudo foi analisar os fatores de risco relacionados à não realização do exame de Papanicolaou entre as mulheres que vivenciam a menopausa. Neste estudo de base populacional, composto de mulheres de 45-69 anos, residentes na área urbana de Maringá, Paraná, Brasil, foram avaliadas 456 mulheres no período da menopausa, as quais apresentaram uma média de 58,7 ± 5,7 anos, sendo 48,0 ± 5,0 anos a idade média do início da menopausa. A maior parte relatou ter até sete anos de estudo, apresentava companheiro, realizava atividade remunerada, era sedentária e não usuária de terapia de reposição hormonal. A cobertura de rastreamento de Papanicolaou foi de 84,5%. Após ajuste por análise multivariada, a faixa etária de 45-69 anos, ocupação remunerada, sem consulta ao ginecologista no último ano e sem realização de mamografia nos últimos dois anos foram associadas à não realização do exame. Os esforços para melhorar o rastreamento do câncer de colo do útero devem estar focados no conhecimento das mulheres e na diminuição dos fatores contribuintes para a não realização do exame de Papanicolaou.

Keywords : Esfregaço Vaginal; Neoplasias do Colo do Útero; Saúde da Mulher; Programas de Rastreamento.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese