SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue11Prevention of cervical cancer in women with ASCUS in the Brazilian Unified National Health System: cost-effectiveness of the molecular biology method for HPV detectionThe metrology of uncertainty: a study of vital statistics from Chile and Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

CASTRO, Teresa Gontijo de et al. Circunferência da cintura e circunferência da cintura/estatura entre adolescentes indígenas Kaingáng do Rio Grande do Sul, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2012, vol.28, n.11, pp. 2053-2062. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2012001100005.

Os objetivos do estudo foram descrever a distribuição das medidas de circunferência de cintura (CC) e CC/estatura (CC/E) para adolescentes indígenas Kaingáng; estimar a prevalência de valores elevados para CC/E; e avaliar a correlação entre CC e CC/E com o IMC/idade. Um total de 1.803 adolescentes indígenas foi avaliado no estudo seccional de base escolar. Foram considerados elevados valores de CC/E superiores a 0,5. Observaram-se maiores valores médios de CC e CC/E para meninas, em todas as faixas etárias. Valores de CC/E > 0,5 foram encontrados em 25,6% dos adolescentes. Valores médios de CC e CC/E foram significativamente maiores para os adolescentes com IMC/idade > 2 z-scores, em comparação aos eutróficos. Os coeficientes de correlações entre CC e CC/E com o IMC/idade foram: meninos: r = 0,68 e 0,76, respectivamente, e meninas: r = 0,79 e 0,80, respectivamente. Destaca-se proeminência de valores médios elevados de CC e CC/E e prevalências expressivas de obesidade abdominal.

Keywords : Antropometria; Obesidade Abdominal; População Indígena; Saúde de Populações Indígenas.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English