SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue11Prenatal care in public and private health services: a population-based survey in Rio Grande, Rio Grande do Sul State, BrazilCancer incidence in the Western Amazon: population-based estimates in Rio Branco, Acre State, Brazil, 2007-2009 author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

GIANNINI, Susana Pimentel Pinto; LATORRE, Maria do Rosário Dias de Oliveira  and  FERREIRA, Leslie Piccolotto. Distúrbio de voz e estresse no trabalho docente: um estudo caso-controle. Cad. Saúde Pública [online]. 2012, vol.28, n.11, pp. 2115-2124. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2012001100011.

Determinar a associação entre distúrbio de voz e estresse no trabalho em professoras da rede municipal de São Paulo, Brasil é o objetivo deste estudo caso-controle, realizado com professoras com (n = 165) e sem (n = 105) distúrbio vocal. Foram utilizados os questionários Condição de Produção Vocal e Job Stress Scale. Os grupos são comparáveis nas variáveis de controle, diferenciando-se apenas quanto aos sintomas vocais. Houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos em relação ao estresse no trabalho na condição de alta exigência (OR = 2,1; IC95%: 1,1-3,9), que representa alta demanda associada a baixo controle do trabalho. Concluindo que a condição de alto desgaste associada ao grupo com distúrbio de voz, neste estudo, é a que apresenta maior risco de adoecimento físico e psíquico ao trabalhador. Ao perder a voz, o professor perde a possibilidade de manter-se em sua função, perde sua identidade profissional, o que coloca, em risco, a sua carreira como educador.

Keywords : Distúrbios da Voz; Docentes; Saúde do Trabalhador.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese