SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue11Differences in risk factors for infant mortality in five Brazilian cities: a case-control study based on the Mortality Information System and Information System on Live BirthsTemporal analysis of the relationship between dengue and meteorological variables in the city of Rio de Janeiro, Brazil, 2001-2009 author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

LANDER, Rebecca L. et al. Crescimento linear e infecções parasitárias intestinais em pré-escolares matriculados em creches filantrópicas de Salvador, Nordeste do Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2012, vol.28, n.11, pp. 2177-2188. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2012001100017.

Déficit de crescimento e parasitoses são comuns entre crianças residentes em periferias. Em estudo transversal com 376 pré-escolares (3-6 anos) de creches em Salvador, Nordeste do Brasil, avaliamos fatores predisponentes para déficit de crescimento e parasitose. Obtiveram-se dados em sete creches sobre peso da criança, altura, nível socioeconômico, estado de saúde e parasitos em amostras de fezes. Prevalência de baixo peso (-1 < DP > -2), desnutrição e baixa estatura foram 12%, 16%, e 6%, respectivamente; nível socioeconômico, ordem de nascimento e peso materno foram preditores da antropometria. Aproximadamente 30% estavam infectados com ≥ 1 parasita. Helmintos (17.8%), notavelmente Trichuris trichiura (12%) e Ascaris lumbricoides (10.5%) e protozoário Giardia duodenalis (13%) foram os mais comuns; < 1% tinha ancilostomíase e Cryptosporidium sp.; 25% apresentaram protozoários cistos não patogênicos. Meninos de famílias muito pobres tiveram menor crescimento e maior risco de helmintose. A desparasitação pode ser considerada uma alternativa para a redução da prevalência de parasitoses intestinais nesse grupo etário.

Keywords : Pré-Escolar; Creches; Parasitos; Enteropatias Parasitárias.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English