SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue11Translation and cross-cultural adaptation of the Brazilian version of the Hospital Survey on Patient Safety Culture: initial stage author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

SZKLO, André Salem et al. Mudanças nos padrões de consumo de cigarros dos fumantes brasileiros entre 1989 e 2008. Cad. Saúde Pública [online]. 2012, vol.28, n.11, pp. 2211-2215. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2012001100020.

A avaliação temporal das mudanças no consumo de cigarros pode ajudar a entender se os fumantes estão se tornando mais resistentes à cessação. Calcularam-se as diferenças absolutas no consumo médio de cigarros, estratificadas por coorte de nascimento e faixa etária. Utilizaram-se dados provenientes de dois inquéritos domiciliares nacionais brasileiros (1989, N = 12.782; 2008, N = 6.675). Um modelo de regressão linear foi usado para ajustar as diferenças por sexo, escolaridade e residência. A análise por coorte de nascimento mostrou que o uso de cigarros diários aumentou entre os indivíduos nascidos após 1964 e diminuiu entre aqueles nascidos antes de 1955 (valores de p ajustados < 0,001). A análise por faixa etária mostrou que a população remanescente de fumantes com menos de 65 anos reduziu o uso de cigarros entre 1989 e 2008 (valores de p ajustados < 0,001). Mudanças nas políticas antitabaco e o rápido crescimento econômico do Brasil podem estar preferencialmente relacionados a mudanças temporais no consumo de cigarros na maioria dos grupos etários, ao invés de uma mudança na associação entre idade e consumo de cigarro.

Keywords : Tabagismo; Abandono do Hábito de Fumar; Comportamento de Redução de Risco; Política de Saúde.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English