SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.9 issue2Obesity as risk factor for metabolic disorder in Mexican adolescents, 2005Heath and political regimes: presidential or parliamentary government for Colombia? author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Salud Pública

Print version ISSN 0124-0064

Abstract

LEITE-CAVALCANTI, Alessandro; MEDEIROS-BEZERRA, Priscila K.  and  MOURA, Cristiano. Aleitamento Natural, Aleitamento Artificial, Hábitos de Sucção e Maloclusões em Pré-escolares Brasileiros. Rev. salud pública [online]. 2007, vol.9, n.2, pp. 194-204. ISSN 0124-0064.  http://dx.doi.org/10.1590/S0124-00642007000200004.

Objetivo Objetivo deste estudo foi verificar a prevalência de hábitos de sucção nutritivos (aleitamento natural e artificial) e não nutritivos e a presença de maloclusão em pré-escolares brasileiros. Material e Métodos Este estudo transversal examinou 342 crianças (196 meninos e 146 meninas) entre 3 e 5 anos de idade em Campina Grande, Brasil. Os dados foram coletados através de entrevistas com as mães das crianças e o exame clínico realizado por um examinador calibrado (kappa=0,86). A análise estatística foi executada através do uso do programa Epi Info 3.3 e do Teste do Qui-quadrado a um nível de significância de 0,05. Resultados A prevalência de hábitos de sucção foi elevada em todas as faixas etárias, variando de 70 % a 77,4 %. Maloclusões estavam presentes em 87 %, sucção de chupeta em 84,8 % e sucção digital em 7,2 %. Aproximadamente 84,2 % das crianças tinham história de alimentação artificial e 79,9 % delas apresentavam maloclusão quando do exame. Existiram diferenças significativas entres as variáveis: hábitos de sucção e presença de maloclusão; tempo de alimentação natural e presença de hábitos de sucção; tempo de alimentação natural e presença de maloclusão; tipo de alimentação e hábitos de sucção; e tipo de alimentação e presença de maloclusão. Conclusão A incidência de sucção de chupeta foi maior do que a de sucção digital entre os pré-escolares brasileiros. A freqüência de hábitos de sucção foi mais elevada entre as crianças com alimentação artificial do que nas crianças com alimentação natural. A relação entre a presença de hábitos de sucção e de maloclusão foi estatisticamente significante.

Keywords : Epidemiologia; amamentação; maloclusão; criança.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese