SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue1Health insurance for infants and infant vaccination related to forced-displacement in ColombiaFactors affecting how long exclusive breastfeeding lasts author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Salud Pública

Print version ISSN 0124-0064

Abstract

JACINTO-REGO, Suzie A . de Souza et al. Relação do Índice de Desenvolvimento Humano e as Variáveis Nutricionais em Crianças do Brasil . Rev. salud pública [online]. 2008, vol.10, n.1, pp. 62-70. ISSN 0124-0064.  http://dx.doi.org/10.1590/S0124-00642008000100006.

Objetivo O objetivo do presente estudo é demonstrar a relação do Indice de desenvolvimento humano (IDH) de diferentes regiões brasileiras no comportamento das variáveis de composicão corporal-indicadores do estado nutricional, assim como, a adequação da utilização destas variáveis. Materiais e Método Estudo descritivo, de corte transversal de topología comparativa. A amostra foi composta por alunos de escolas públicas, de ambos os sexos, com idade entre 8 e 10 anos, de 3 regiões brasileiras, escolhidas de maneira aleatória, sendo: Sul n= 262 masculino e n=251 feminino; Nordeste n=45 masculino y n=35 feminino; Norte n=96 masculino y n=38 feminino. Os protocolos utilizados foram de estatura, massa, somatória de dobras cutáneas e IMC. O IDH foi retirado do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento.A estatística utilizada foi a descritiva e inferencial, através do método comparativo Anova one-way para os dados paramétricos e o teste Kurskal-Wallis para os dados não paramétricos, sendo adotado um nível de significância de p <0,05, ou seja, 95 % de probabilidade para as afirmativas e/ou negativas, denotadas durante as investigações. Resultados Foi demostrada a existência de uma diferencia significativa p<0.0001 nas variáveis estudadas. Conclusiones A utilização de antropometria como uma ferramenta auxiliar para conhecer a composição corporal das crianças podem ajudar na prevenção ou tratamento precoce dos distúrbios alimentares, como desnutrição e obesidade. Ela pode ser parte das intervenções das políticas públicas ligadas à assistência infantil, na utilização de formas simples e eficiente para evitar problemas de saúde pública.

Keywords : Nutrição; obesidade; Infantis.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese