SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue5Prevalence of periodontal disease and oral hygiene indicators in high school students from Cartagena, ColombiaA technological device for optimizing the time taken for blind people to learn Braille author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Salud Pública

Print version ISSN 0124-0064

Abstract

TRIBESS, Sheilla  and  OLIVEIRA, Ricardo Jacó de. Síndrome da fragilidade biológica em idosos: revisão sistemática. Rev. salud pública [online]. 2011, vol.13, n.5, pp. 853-864. ISSN 0124-0064.  http://dx.doi.org/10.1590/S0124-00642011000500014.

Objetivo O objetivo desse estudo foi identificar a prevalência e as estratégias de avaliação da Síndrome da Fragilidade Biológica em Idosos. Metodologia Para o desenvolvimento deste estudo foi realizada uma busca em base de dados eletrônica (Medline/Pubmed) e lista de referências dos artigos identificados, utilizando os seguintes descritores, na língua inglesa: "frailty e "frail" conjugados com os termos "elderly", "aging" e "prevalence". Estes termos/descritores foram combinados usando os operadores lógicos disponíveis nas ferramentas de buscas. A busca eletrônica inicial resultou em 1 865 manuscritos. O processo de análise dos estudos envolveu leitura de títulos, resumos e textos completos. Após todas essas fases, 35 manuscritos preencheram os critérios de inclusão da revisão. Resultados Os resultados indicaram que as mulheres, com índices que variam de 7,3 % a 21,6 %, são mais frágeis do que os homens, com percentuais que variam de 4 % a 19,2 %. Conclusão As disparidades na prevalência de índices de fragilidade e pré-fragilidade devem ser minimizadas, com estímulo a padronização metodológica para a avaliação da fragilidade humana.

Keywords : Idoso fragilizado; prevalência; revisão.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese