SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.1 issue6Clinical manifestations of dengue hemorrhagic fever in Puerto Rico, 1990-1991HIV risk perception, risk behavior, and seroprevalence among female commercial sex workers in Georgetown, Guyana author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Panamericana de Salud Pública

Print version ISSN 1020-4989

Abstract

SILVA, Ligia Maria Vieira da; FORMIGLI, Vera Lúcia; CERQUEIRA, Macius Pontes  and  KRUCHEVSKY, Leonardo. Coberturas vacinais superestimadas? Novas evidências a partir do inquérito de Pau da Lima. Rev Panam Salud Publica [online]. 1997, vol.1, n.6, pp. 444-450. ISSN 1020-4989.  http://dx.doi.org/10.1590/S1020-49891997000600004.

Com o objetivo de avaliar a cobertura vacinal em crianças de 0 a 5 anos, um estudo transversal com base em inquérito domiciliar foi realizado em 1992 no Distrito Sanitário de Pau da Lima, Salvador, Bahia, Brasil, através do recurso à técnica de amostragem por conglomerados. Foram sorteadas 30 microáreas homogêneas no que diz respeito às características socioeconômicas. Informações sobre o estado vacinal de 385 crianças foram obtidas a partir da verificação do cartão de vacinação e da senha de campanha, ou, na ausência destes, a partir da informação verbal da mãe ou responsável. A cobertura vacinal encontrada foi de 70% para a vacina antipólio; de 56% para a vacina tríplice; de 74% para a vacina anti-sarampo; e de 87% para a BCG, considerando-se as diversas fontes de informação em todas as faixas etárias. Estes resultados indicam uma possível superestimação das taxas obtidas a partir de registros rotineiros dos serviços de saúde e das campanhas. Os autores discutem as implicações das baixas coberturas encontradas em todas as faixas etárias e, mais acentuadamente, entre menores de 1 ano.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese