SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.5 issue6Trypanosoma cruzi infection in Triatoma infestans and other triatomines: long-term effects of a control program in rural northwestern ArgentinaThe quality of contraception services in El Alto, Bolivia author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Panamericana de Salud Pública

On-line version ISSN 1680-5348Print version ISSN 1020-4989

Abstract

NEUMANN, Nelson A. et al. Desempenho da Pastoral da Criança na promoção de ações de sobrevivência infantil e na educação em saúde em Criciúma, uma cidade do sul do Brasil. Rev Panam Salud Publica [online]. 1999, vol.5, n.6, pp.400-410. ISSN 1680-5348.  http://dx.doi.org/10.1590/S1020-49891999000500004.

Milhares de crianças menores de 5 anos ainda morrem em todo o mundo devido a doenças preveníveis. As intervenções comunitárias que enfatizam cuidados primários de saúde e nutrição têm sido apontadas como uma das soluções para superar este problema. O presente trabalho descreve um estudo transversal, de base populacional, cujo objetivo foi avaliar se crianças e mães acompanhadas pela Pastoral da Criança, entidade ligada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil e que atua junto a comunidades carentes, apresentam melhores indicadores de saúde e conhecimento sobre as ações básicas de sobrevivência infantil do que as crianças e mães não acompanhadas. O estudo foi desenvolvido em 1996 na área urbana do município de Criciúma, estado de Santa Catarina, Brasil, com uma amostra probabilística de 2 208 crianças menores de 3 anos. A análise ajustada para possíveis fatores de confusão demonstrou que a Pastoral esteve significativamente associada ao conhecimento materno quanto à conduta alimentar durante a diarréia, à idade ideal para o aleitamento materno exclusivo, à contra-indicação do leite em pó, à interpretação da curva de crescimento e quanto ao esquema vacinal. A participação na Pastoral esteve positivamente associada à maior duração total do aleitamento materno, à introdução tardia da mamadeira, ao maior número de pesagens no trimestre imediatamente anterior à pesquisa e à posse de colher-medida para reidratação oral. Não houve associação significativa entre a vinculação à Pastoral e a duração do aleitamento materno exclusivo ou predominante nem o manejo da diarréia. A avaliação mostrou aspectos positivos da atuação da Pastoral, assim como áreas em que maiores investimentos são necessários. A Pastoral e outras entidades do mesmo tipo devem priorizar ainda mais a educação das mães quanto aos cuidados com a criança. Estas entidades devem tentar recrutar as mães ainda durante a gestação, quando o impacto das ações de educação é potencialmente maior.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )