SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.6 issue4Undernutrition among Honduran children 12-71 months old author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Panamericana de Salud Pública

Print version ISSN 1020-4989

Abstract

SILVA, Antônio Augusto Moura da; GOMES, Uilho Antônio; TONIAL, Sueli Rosina  and  SILVA, Raimundo Antonio da. Cobertura de puericultura e fatores associados em São Luís (Maranhão), Brasil. Rev Panam Salud Publica [online]. 1999, vol.6, n.4, pp. 266-272. ISSN 1020-4989.  http://dx.doi.org/10.1590/S1020-49891999000900006.

A assistência de puericultura é fundamental para a prevenção de diversas doenças durante os primeiros anos de vida da criança. O início precoce e a realização de pelo menos nove consultas no primeiro ano são metas desejáveis na assistência à criança. Inquéritos periódicos são fundamentais para que se possa acompanhar a obtenção destas metas. Em 1994, um estudo transversal utilizou amostragem por conglomerados em três estágios para avaliar cobertura de puericultura e fatores associados entre crianças em São Luís, Estado do Maranhão, Brasil. Para a coleta de dados, um questionário padronizado foi respondido pela mãe ou responsável pela criança. O percentual de recusas e ausências foi de 7%. O presente trabalho analisa os dados relativos a 290 crianças entre 1 e 23 meses. As estimativas pontuais e por intervalo de confiança de 95% das proporções levaram em conta o efeito de desenho. Na estimativa da razão ajustada de prevalências empregou-se a regressão de Cox modificada para estudos transversais. A cobertura de puericultura para a população estudada foi de 80%; 44% das crianças realizaram até seis consultas no primeiro ano de vida ¾ o que está bem abaixo do recomendável ¾ com média de 7,8 consultas no primeiro ano. Oitenta e um por cento das crianças utilizaram o Sistema Único de Saúde para o atendimento, sendo de apenas 15% a utilização do seguro-saúde. Após ajuste para fatores de confusão, os fatores "maior número de irmãos no domicílio" e "pai com 4 ou menos anos de estudo" estiveram associados à não realização de consultas de puericultura. O fator "renda familiar" não permaneceu associado após o ajuste. O reforço às atividades educativas e, talvez, aos programas de planejamento familiar, é uma estratégia importante no sentido de aumentar a cobertura de puericultura no município.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese