SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue1Selective vs. mass treatment with antihelminthic drugs: experience in two hyperendemic communitiesPrevalence of overweight and obesity among Costa Rican elementary school children author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Panamericana de Salud Pública

Print version ISSN 1020-4989

Abstract

CARVALHO, Fernando Martins et al. Chumbo no sangue de crianças e passivo ambiental de uma fundição de chumbo no Brasil. Rev Panam Salud Publica [online]. 2003, vol.13, n.1, pp. 19-23. ISSN 1020-4989.  http://dx.doi.org/10.1590/S1020-49892003000100003.

OBJETIVO: Determinar os níveis de chumbo no sangue de crianças que moravam próximo a uma fundição de chumbo desativada na Cidade de Santo Amaro da Purificação, Estado da Bahia, em setembro de 1998; e identificar fatores associados à variação destes níveis. MÉTODOS: Estudo de corte transversal com crianças de 1 a 4 anos de idade que residiam a menos de 1 km da fundição. Mães ou responsáveis por 47 crianças responderam questionários sobre transtornos do hábito alimentar (comer barro, terra, reboco ou outros materiais) e outros aspectos epidemiológicos relevantes. A concentração de chumbo no sangue foi determinada por espectrofotometria de absorção atômica. RESULTADOS: O nível médio de chumbo foi de 17,1 ± 7,3 mg/dL. Os níveis de chumbo no sangue foram cerca de 5 mg/dL mais elevados em crianças que tinham transtorno do hábito alimentar, independentemente da idade, presença de escória visível no peridomicílio, situação de emprego do pai, história familiar de intoxicação pelo chumbo e desnutrição. CONCLUSÕES: O passivo ambiental da fundição de chumbo, desativada em 1993, permanece como um fator de risco relevante para elevar os níveis desse metal no sangue de crianças, particularmente aquelas que apresentam transtornos do hábito alimentar.

Keywords : Pica; geofagia; poluição ambiental.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese