SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue5Cost-effectiveness of pneumococcal conjugate vaccination in Latin America and the Caribbean: a regional analysisPrevalence of hospital infections in adult intensive care units in Argentina author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Panamericana de Salud Pública

Print version ISSN 1020-4989

Abstract

CARVALHO, Wladithe Organ de et al. Inquéritos de saúde e uso de serviços materno-infantis em três municípios da grande São Paulo. Rev Panam Salud Publica [online]. 2008, vol.24, n.5, pp. 314-323. ISSN 1020-4989.  http://dx.doi.org/10.1590/S1020-49892008001100003.

OBJETIVOS: Descrever as mudanças na utilização de serviços de saúde materno-infantis por residentes em três municípios da Grande São Paulo (Embu, Itapecerica da Serra e Taboão da Serra) 12 anos após a implantação do Sistema Único de Saúde (SUS) e analisar o potencial dos inquéritos de saúde de base populacional como fonte de dados para avaliar as mudanças nesses serviços. MÉTODOS: Em 1990 e 2002, foram realizados dois inquéritos de base populacional, de corte transversal, em municípios da região metropolitana de São Paulo. Para os menores de 1 ano, os dois períodos foram comparados quanto à utilização de serviços de saúde ambulatoriais e hospitalizações; para as mães, os períodos foram comparados quanto à realização de pré-natal e parto. Em ambos os inquéritos, utilizou-se a amostragem por conglomerados em múltiplos estágios e estratificada, com padronização de questões das entrevistas. RESULTADOS: As alterações de maior destaque corresponderam à localização dos serviços utilizados para pré-natal, partos e hospitalização de menores de 1 ano. Houve elevação significativa na utilização dos serviços no município de residência ou região e redução na participação do Município de São Paulo (80% dos partos e praticamente todas as internações de menores de 1 ano em 1990 contra 32% dos partos e 46% das internações de menores de 1 ano em 2002). Também aumentou a utilização de unidades básicas de saúde e prontos-socorros. Essas alterações referiram-se aos atendimentos financiados pelo setor público de saúde. No setor privado, ocorreu queda do desembolso direto e dos convênios de empresa e crescimento dos planos individuais. CONCLUSÕES: As principais mudanças verificadas no segundo inquérito ocorreram paralelamente às alterações provenientes da implantação do SUS. Os inquéritos de saúde de base populacional mostraram-se adequados para analisar e comparar a utilização de serviços em diferentes períodos.

Keywords : Inquéritos de morbilidade; pesquisas sobre serviços de saúde; serviços de saúde materno-infantil.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese