SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue3Maternal and congenital syphilis in rural HaitiSociodemographic factors associated with symptoms of depression in a sample of women held at two prisons in Mexico author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Panamericana de Salud Pública

Print version ISSN 1020-4989

Abstract

CHAGAS, Eda Cristina da Silva et al. Malária durante a gravidez: efeito sobre o curso da gestação na região amazônica. Rev Panam Salud Publica [online]. 2009, vol.26, n.3, pp. 203-208. ISSN 1020-4989.  http://dx.doi.org/10.1590/S1020-49892009000900003.

OBJETIVO: Estimar o efeito da malária sobre o curso da gestação em mulheres na região amazônica e investigar possíveis fatores de risco nessa população. MÉTODOS: Este estudo transversal é parte de um projeto maior para estudar malária e gravidez na região amazônica. Foram incluídas gestantes com malária atendidas na Fundação de Medicina Tropical do Amazonas que responderam a entrevistas estruturadas. Dados socio-econômicos, comportamentais e clínicos foram levantados na primeira consulta relacionada a cada novo episódio de malária na gestante. Todas as gestantes foram acompanhadas ao longo de sua gestação. Foram considerados os seguintes fatores de risco para alterações no curso da gestação: idade materna menor do que 20 anos, primeira gestação, primeira infecção malárica e espécie de plasmódio infectante. RESULTADOS: Foram avaliados 535 episódios de malária em 417 gestantes, sendo 20,56% causados pelo P. falciparum, 78,69% pelo P. vivax e 0,75% pela associação dos dois parasitas. Alteração no curso da gestação foi um evento muito frequente (26,2%). Ameaça de aborto ocorreu em 49 casos (25,5%), aborto em dois (1,0%), ameaça de parto prematuro em 74 (25,1%) e parto prematuro em três (1,0%). Ser primigesta e adolescente apresentou associação estatisticamente significativa com ameaça de parto prematuro e abortamento. CONCLUSÃO: A alteração no curso da gestação foi um evento muito frequente durante o episódio agudo de malária, embora a interrupção da gestação tenha tido baixa ocorrência em nossa casuística. Os resultados não evidenciaram um fator de risco de destaque, sugerindo que qualquer gestante pode apresentar ameaça de interrupção ou interrupção da gestação na vigência de episódio agudo de malária.

Keywords : Malária; complicações parasitárias na gravidez; aborto; ameaça de aborto; trabalho de parto prematuro; parto prematuro; Plasmodium vivax; Plasmodium falciparum.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese