SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue5Cognitive performance and mortality in people over 50 in MexicoPreventing violence and reinforcing human security: a rights-based framework for top-down and bottom-up action author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Panamericana de Salud Pública

Print version ISSN 1020-4989

Abstract

FRANK, Stefanie; COELHO, Elza Berger Salema  and  BOING, Antonio Fernando. Perfil dos estudos sobre violência contra a mulher por parceiro íntimo: 2003 a 2007. Rev Panam Salud Publica [online]. 2010, vol.27, n.5, pp. 376-381. ISSN 1020-4989.  http://dx.doi.org/10.1590/S1020-49892010000500008.

OBJETIVO: Descrever os estudos sobre violência contra a mulher por parceiro íntimo em termos da área do conhecimento em que se enquadram, sexo dos autores, países onde são realizados e idioma das publicações, enfoque metodológico, sujeitos da pesquisa e local onde foram coletados os dados. MÉTODOS: De janeiro a maio de 2008 realizou-se uma revisão das bases de dados Medline, PsycINFO, LILACS e SciELO para artigos publicados entre 2003 e 2007. As estratégias que utilizaram palavras em português foram aplicadas apenas nas bases LILACS e SciELO. RESULTADOS: Foram selecionados para a análise 176 artigos que abordaram a violência contra a mulher por parceiro íntimo, tendo sido 84,7% publicados em inglês; 49,4% foram publicados em revistas das ciências médicas e 86,4% utilizaram um enfoque metodológico quantitativo. Houve diversidade quanto aos países onde os estudos foram realizados, com destaque para a América do Norte (42,1%). Dentre os sujeitos, foram mais pesquisadas as mulheres entre 20 e 29 anos (78,4%), casadas (72,2%) e cujo agressor era o parceiro íntimo atual (97,2%). Os sujeitos foram abordados principalmente em serviços de saúde (30,7%) e em amostras por domicílios (30,1%). As autoras dos artigos foram pricipalmente mulheres (57,7%). CONCLUSÕES: Pesquisas futuras devem associar diferentes enfoques metodológicos, além de selecionar e descrever os sujeitos e os agressores para possibilitar a comparabilidade dos estudos. Tal medida é necessária para garantir o aprofundamento do conhecimento sobre o tema e viabilizar políticas eficazes para a erradicação da violência contra a mulher.

Keywords : Violência contra a mulher; violência doméstica; metodologia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese