SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue4Preliminary clinical outcomes from the Peruvian National Cataract Elimination PlanProfessional competencies of nursing, medical, and dental interns performing social service in Mexico author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Panamericana de Salud Pública

Print version ISSN 1020-4989

Abstract

VIAL, Eloir Antonio et al. Violência urbana e capital social em uma cidade no Sul do Brasil: um estudo quantitativo e qualitativo. Rev Panam Salud Publica [online]. 2010, vol.28, n.4, pp. 289-297. ISSN 1020-4989.  http://dx.doi.org/10.1590/S1020-49892010001000008.

OBJETIVO: Investigar as relações entre a violência urbana referida e capital social em uma cidade de médio porte no Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. MÉTODOS: O estudo foi realizado com adultos da zona urbana de São Leopoldo. Na etapa quantitativa, um questionário estruturado foi respondido por 1 100 pessoas maiores de 20 anos responsáveis pelo domicílio no momento da entrevista. A violência foi avaliada com base nas referências a discussão violenta, roubo ou assalto, caso com drogas e homicídio ocorridos no bairro nos últimos 6 meses. O capital social foi definido a partir do grau relatado de confiança entre vizinhos, apoio social, controle social informal, percepção política e ação social nos bairros avaliados. Na etapa qualitativa, foi realizada uma entrevista semiestruturada com 11 participantes, residentes nos setores com o capital social mais alto e mais baixo. RESULTADOS: Os residentes em bairros com baixa confiança entre vizinhos relataram uma ocorrência quase 3 vezes maior de homicídios (RP = 2,82; IC95%: 1,67 a 4,74; P > 0,001) e de discussão violenta (RP = 2,56; IC95%: 1,82 a 3,59; P > 0,001) em comparação aos moradores de bairros com alta confiança entre vizinhos. As situações relacionadas à violência foram mais enfatizadas em vizinhanças com baixo capital social, nas quais também foi referido o descaso público. CONCLUSÕES: Em vizinhanças com maior capital social, menores percentuais de violência foram referidos. É importante priorizar políticas públicas que promovam o capital social voltado ao bem comum.

Keywords : Violência; pesquisa qualitativa; estudos transversais; medicina social; Brasil.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese