SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 issue4Human papillomavirus genotypes and their prevalence in a cohort of women in TrinidadFactors associated with incidence of dengue in Costa Rica author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Panamericana de Salud Pública

Print version ISSN 1020-4989

Abstract

GONCALVES, Renata Moreira; GONCALVES, José Rubens  and  FORNES, Nélida Schmid. Relação entre níveis de chumbo no colostro, consumo alimentar e características socioeconômicas de puérperas em Goiânia, Brasil. Rev Panam Salud Publica [online]. 2011, vol.29, n.4, pp. 227-233. ISSN 1020-4989.  http://dx.doi.org/10.1590/S1020-49892011000400003.

OBJETIVO: Estimar a concentração de chumbo em colostro humano e verificar a existência de relação entre esse dado, consumo alimentar e fatores socioeconômicos das puérperas. MÉTODOS: Estudo transversal com 80 puérperas de uma maternidade de Goiânia, Brasil, realizado de julho a dezembro de 2008. Aplicou-se um questionário socioeconômico e de estilo de vida, além do questionário de frequência de consumo alimentar. Posteriormente, foram coletadas amostras de colostro, analisadas por espectrometria de absorção atômica por chama para quantificar o chumbo. Calculou-se a correlação entre o teor de chumbo, as variáveis socioeconômicas e o consumo alimentar. RESULTADOS: A média da concentração de chumbo foi 6,88 μg/L, e a mediana foi 4,65 μg/L. Os aspectos socioeconômicos não apresentaram associação significativa com o teor de chumbo. A ingestão de ácidos graxos saturados, ovos, carnes suínas, frango e derivados (todos com valores de r = -0,26 e P = 0,020) correlacionou-se inversamente ao teor chumbo do colostro humano, ao passo que a ingestão de abóbora (r = 0,26 e P = 0,019) e berinjela (r = 0,27 e P = 0,015) correlacionou-se proporcionalmente ao valor obtido. A correlação entre abóbora cozida, ovos, carnes suínas, de frango e derivados foi mantida após ajuste na regressão logística. CONCLUSÕES: Foi detectada presença de chumbo no colostro materno, possivelmente como resultado da exposição dietética das puérperas deste estudo. Além da correlação entre presença de chumbo e consumo alimentar, os resultados sugerem que a ingestão de nutrientes específicos pode propiciar maior ou menor concentração desse contaminante, sem relação direta com fatores socioeconômicos.

Keywords : Chumbo; consumo de alimentos; colostro; leite humano; toxicidade; Brasil.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese