SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 issue3Redefining personality disorder: a Jamaican perspectiveA health care model for the Wayúu people on the colombian-venezuelan border author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista Panamericana de Salud Pública

Print version ISSN 1020-4989

Abstract

SALIBA, Viviane Amaral et al. Adaptação transcultural e análise das propriedades psicométricas da versão brasileira do instrumento Motor Activity Log. Rev Panam Salud Publica [online]. 2011, vol.30, n.3, pp. 262-271. ISSN 1020-4989.  http://dx.doi.org/10.1590/S1020-49892011000900011.

OBJETIVO: Traduzir para o português brasileiro e adaptar transculturalmente o Motor Activity Log (MAL), instrumento específico que avalia a função do membro superior mais afetado (MSMA) em hemiplégicos. MÉTODOS: O MAL foi traduzido e adaptado seguindo instruções padronizadas e submetido a exame de confiabilidade teste-reteste (coeficiente de correlação intraclasse, CCI). As demais propriedades psicométricas foram investigadas pela análise de Rasch em 77 hemiplégicos crônicos (41 homens, média de idade = 57,5 ± 12,4 anos). RESULTADOS: Tanto a escala de quantidade como a escala de qualidade do MAL obtiveram excelente CCI (0,98) para as pontuações totais. Quanto ao grau de dificuldade, "usar a chave para destrancar a porta" foi o item mais difícil na escala quantitativa, sendo "lavar as mãos" o item mais fácil. Na escala qualitativa, o mais difícil foi "utilizar o controle remoto da TV", e o mais fácil, "secar as mãos". A análise mostrou que o conjunto dos itens enquadrou-se no modelo; entretanto, quatro itens não se encaixaram nas expectativas do modelo nas escalas quantitativa (itens 21, 16, 14 e 13) e qualitativa (itens 9, 21, 23 e 22). Foram localizadas pessoas com padrão errático de respostas, e cinco indivíduos tiveram pontuação mínima. Constatou-se discrepância entre dificuldade dos itens e habilidade da amostra, indicando que as habilidades dos indivíduos estavam abaixo da dificuldade dos itens. Houve correlação significativa entre a força de preensão do MSMA e as medidas de habilidade dos indivíduos na escala quantitativa (r = 0,51; P & lt; 0,0001) e qualitativa (r = 0,57; P < 0,0001), e ainda entre as duas escalas nas medidas de habilidades dos indivíduos (r = 0,97; P < 0,0001). CONCLUSÕES: O MAL-Brasil apresenta potencial para avaliação do uso do MSMA de hemiplégicos crônicos brasileiros. Entretanto, apresenta limitação para uso em indivíduos com comprometimento severo do MSMA. Ainda, a validade de construto foi comprometida pela presença de itens erráticos. O MAL-Brasil deve ser aplicado em outras amostras para que sua validade seja mais amplamente investigada.

Keywords : Acidente cerebral vascular; psicometria; membro superior; validade dos testes; reprodutibilidade dos testes.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese