SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.8 issue2Decentralization and resource allocation in the Brazilian National Health System (Sistema Único de Saúde - SUS)Reduction of the regional inequalities in the allocation of the federal resources for the health author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

LUCCHESE, Patrícia T. R.. Eqüidade na gestão descentralizada do SUS: desafios para a redução de desigualdades em saúde. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2003, vol.8, n.2, pp. 439-448. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232003000200009.

O tema da eqüidade em saúde vem ganhando destaque no debate público setorial como objetivo a se alcançar na gestão descentralizada do Sistema Único de Saúde para a efetiva melhoria das condições de saúde do conjunto da população brasileira em todo o território nacional. Este debate, já bastante difícil pela necessidade de se precisar o conceito de eqüidade, evidencia a complexidade do ambiente em que se processam as tarefas públicas para a redução de desigualdades inter-regionais, no contexto de interação e interdependência entre processos econômicos, sociais e culturais, mundiais e nacionais, que pressionam as agendas governamentais nestes tempos de globalização. Este artigo empreende um esforço de sistematização de alguns dos desafios e indagações colocados para uma gestão pública da saúde orientada à eqüidade na República Federativa do Brasil, a partir de uma interpretação própria para o conceito de eqüidade na gestão descentralizada do SUS, da atualização de algumas proposições para a gestão social em discussão no debate internacional sobre o desenvolvimento, e da revisão da contribuição teórica de alguns autores sobre a ação do Estado neste ambiente heterogêneo e contraditório de grandes mutações.

Keywords : Eqüidade; Gestão pública; Desenvolvimento; Descentralização; Política de saúde.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese