SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue4Factors associated to the performance of preventive cancer exams in Brazilian women, PNAD 2003Health information in Brazil: the Ripsa contribution author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

RITZ, Beate; TAGER, Ira  and  BALMES, John. A experiência de vigilância epidemiológica poderia ser aplicada à vigilância no campo da saúde ambiental?. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2006, vol.11, n.4, pp. 1037-1048. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232006000400024.

A prática de vigilância epidemiológica tem tradição secular nos Estados Unidos, e dados sobre ambiente vêm sendo recolhidos pelas agências de proteção ambiental americanas há várias décadas. Recentemente o Centro de Controle de Doenças (CDC) anunciou nova iniciativa para desenvolver monitoramento de enfermidades crônicas associadas à questão ambiental. Com base na experiência em sistemas de vigilância epidemiológica, sugerimos um sistema capaz de articular a coleta de informações epidemiológicas com dados de exposição ambiental. O objetivo operacional desse monitoramento é o tratamento do ambiente visando prevenir ou reduzir exposição e minimizar riscos de a população desenvolver doenças crônicas. Essas doenças resultantes de múltiplos fatores não podem ser avaliadas apenas por dados rotineiros de vigilância. Assim, essa nova proposta precisa se apoiar num processo dinâmico de: a) incorporar novas tecnologias para avaliar o nível de exposição e de doenças associadas; b) disseminar dados acessíveis ao público; c) incorporar a comunidade para levantar exposições e ameaças; d) avaliar periodicamente a efetividade da nova proposta. É preciso saber os benefícios dos mecanismos de vigilância frente aos custos para dar suporte a esse novo sistema.

Keywords : Saúde ambiental; Avaliação, Intervenção; Registros; Vigilância.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English