SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 suppl.The panorama of urban violence in Brazil and its CapitalsFirearm-related deaths and crime in the autonomous city of Buenos Aires, 2002 author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

BRICENO-LEON, Roberto. A violência na Venezuela: renda petroleira e crise política. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2006, vol.11, suppl., pp. 1223-1233. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232006000500012.

O presente artigo analisa as mudanças na violência ocorridas na Venezuela nos últimos quarenta anos, relacionadas com os altos e baixos da renda petroleira e com a crise política no país, fatos que contribuíram para um aumento nas taxas de homicídios: de 7 por cem mil habitantes em 1970 a 12 em 1990; 19 em 1998; e 50 no ano de 2003. O artigo caracteriza a Venezuela como sociedade rentista e, a partir daí, faz uma retrospecção cobrindo desde a violência rural até os inícios da violência urbana, o movimento guerrilheiro dos anos 60, a criminalidade resultando da abundância dos recursos petroleiros e a violência em decorrência da revolta popular e dos saques ocorridos em 1989 em Caracas. Em seguida são analisados os golpes de Estado de 1992 e o impacto que a violência política exerceu sobre a violência criminal. Descrevemos as mudanças políticas e partidárias no país e sua influência sobre a estabilização das taxas de homicídios em meados dos anos 90, assim como seu considerável aumento durante o governo Chávez. O artigo conclui com uma análise da situação atual, fala sobre a proibição de publicar dados estatísticos sobre homicídios e faz uma reflexão sobre a perspectiva de ainda mais violência na Venezuela.

Keywords : Violência; Venezuela; Saúde pública; Homicídios; Petróleo; Política.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese