SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 issue4Perspectives of the evaluation of Brazil's National Health Humanization Policy: conceptual and methodological aspectsWork conditions and professional profiles of nutritionists who graduated from the Ouro Preto Federal University, Minas Gerais State, Brazil: 1994 - 2001 author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

LIMA, Laydiane Pereira de  and  SAMPAIO, Helena Alves de Carvalho. Caracterização socioeconômica, antropométrica e alimentar de obesos graves. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2007, vol.12, n.4, pp. 1011-1020. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232007000400022.

O objetivo deste estudo foi caracterizar pacientes obesos mórbidos atendidos em ambulatórios de cirurgia bariátrica da cidade de Fortaleza - CE, quanto a aspectos socioeconômicos, antropométricos e alimentares. Tratou-se de uma pesquisa do tipo exploratória, transversal e analítica, na qual foram entrevistados cinqüenta pacientes de dois ambulatórios públicos e um privado de cirurgia bariátrica, sendo 74% do sexo feminino e 26% do masculino, com uma idade média de 35 ± 8,6 anos, com renda média familiar de 4,69 ± 3,78 salários mínimos, no grupo atendido em instituição pública, e de 15,18 ± 12,63 nos obesos que procuraram clínica privada; 70% dos participantes tinham escolaridade igual ou superior ao ensino médio. O índice de massa corporal (IMC) médio foi de 47,5 ± 7,2 Kg/m². O padrão alimentar foi caracterizado por uma maioria consumindo dieta hipercalórica, hiperlipídica, hiperprotéica, hipoglicídica e elevado em colesterol e fibras dietéticas. Conclui-se que os pacientes possuem um padrão alimentar de risco para o agravamento da sua situação ponderal, necessitando de ações educativas intensificadas preparatórias para a cirurgia bariátrica.

Keywords : Obesidade grave; Antropometria; Padrão alimentar.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese