SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue2Research and the (free and) informed consent author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

MINAYO, Maria Cecília de Souza. Contribuições da antropologia para dilemas éticos da área da saúde. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2008, vol.13, n.2, pp. 329-339. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232008000200008.

Neste artigo, busco problematizar a forma como a questão da ética em pesquisa social vem sendo tratada hoje pelas comissões institucionais inspiradas nas questões da biomedicina. Essa discussão é particularmente importante para as Ciências Sociais em Saúde pois existe uma obrigatoriedade de apresentação dos nossos projetos para avaliação dos comitês. A rigor, na concepção da Resolução 196/1996 do Conselho Nacional de Saúde, essa obrigatoriedade cobre todas as áreas sociais. No entanto, existe questionamento dos pesquisadores que lidam com o social, argumentando que o setor saúde extrapola quando tenta regular ações de outros campos de investigação. Fundamentado na antropologia filosófica, este texto se divide em três partes: (1) alguns elementos sobre fundamentos antropológicos da ética; (2) contribuições da Antropologia para pensar a ética e a realização dos direitos humanos em saúde; (3) questionamentos internos e externos sobre a prática antropológica. Concluo dizendo que, se a questão ética que envolve seres humanos não pode se reduzir aos procedimentos demandados por Comissões de Ética, é preciso aprofundar a discussão dos cientistas sociais na construção de uma prática pautada e orientada pelo respeito à intersubjetividade de todos os atores envolvidos numa pesquisa.

Keywords : Ética em pesquisa social; Fundamentos éticos da antropologia; Ética e saúde.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English