SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue3The beliefs of pregnant women about dental care during gestation author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Ciência & Saúde Coletiva

On-line version ISSN 1678-4561Print version ISSN 1413-8123

Abstract

GOMES, Doris  and  DA ROS, Marco Aurélio. A etiologia da cárie no estilo de pensamento da ciência odontológica. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2008, vol.13, n.3, pp.1081-1090. ISSN 1678-4561.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232008000300031.

Este artigo trata da construção do estilo de pensamento odontológico baseado na etiologia da cárie. Tem como referencial a epistemologia de Ludwick Fleck (1896-1961),na qual o conhecimento é o resultado da atividade social e cada conhecedor pertence a um coletivo e um estilo de pensamento. O estudo das transformações na teoria foi desenvolvido através de livros clássicos e artigos coletados no Medline/Pubmed, com as palavras-chave: dental caries/etiology/theoretical, de 1980 a 2001, um universo de 161 artigos selecionados. Na construção histórica do conhecimento etiológico, apontou-se um macro-estilo de pensamento caracterizado como multicausal-biologicista. Foram identificadas cinco tendências à transformação do estilo: a biologicista, que segue o modelo proposto por Keyes; a clínico-epidemiológica, que incorpora algumas características da visão epidemiológica juntamente com a ciência clínica tradicional; a clínico-biologicista, localizada nas figuras de Thylstrup e Fejerskov, considera as evidências epidemiológicas, mas parte de uma visão clínica da boca em direção ao meio externo; a biopsicossocial, que acolhe num mesmo patamar os fatores biológicos, psicológicos e sociais; e a social, que propõe formas de abordagem da doença partindo-se do geral para o específico.

Keywords : Etiologia da cárie; Fleck; Estilo de pensamento.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )