SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 suppl.2Clinical bioethics: contributions to decision-making in neonatal intensive care unitsHealth beliefs for the control of arterial hypertension author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

GUBERT, Daniela  and  MADUREIRA, Valéria Silvana Faganello. Iniciação sexual de homens adolescentes. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2008, vol.13, suppl.2, pp. 2247-2256. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232008000900029.

Trata-se de pesquisa quantitativa que teve como objetivo investigar a iniciação sexual de adolescentes do sexo masculino em Concórdia, Santa Catarina. Participaram da mesma 340 adolescentes do sexo masculino, com idades entre 14 e 19 anos, que freqüentavam o ensino médio em seis instituições de ensino do município de Concórdia, que aceitaram participar e que trouxeram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido assinado pelos pais ou responsáveis. Destes, 69,7% afirmaram ter relações sexuais, sendo que a média de idade da primeira relação foi de 14,4 anos, menor que a média nacional de 15 anos. A primeira relação sexual ocorreu com uma ficante para 45,1% e 64,2% afirmaram que o principal motivo para a mesma foi vontade/tesão. A maioria (74,2%) qualificou a experiência como boa ou muito boa. O uso da camisinha foi apontado como método utilizado na primeira relação sexual por 73,8% dos adolescentes e como método usado em todas as relações por 72,5%. Alguns adolescentes relataram não conversar sobre sexualidade, mas a maioria aponta os amigos como principal fonte de informações sobre sexo. Frente ao exposto, fica claro que apesar de terem sua primeira relação sexual cada vez mais precocemente, o diálogo sobre prevenção tem surtido efeito, o que é reforçado pelo uso expressivo do preservativo entre os adolescentes.

Keywords : Homem adolescente; Sexualidade; Iniciação sexual.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese