SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 suppl.2Reflections about health and educational objects and physical environmentsThe human accidents and their implications for functional communication: opinions of teachers and students about higher education author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

GARCIA, Eduardo Garcia; BUSSACOS, Marco Antonio  and  FISCHER, Frida Marina. Harmonização e classificação toxicológica de agrotóxicos em 1992 no Brasil e a necessidade de prever os impactos da futura implantação do GHS. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2008, vol.13, suppl.2, pp. 2279-2287. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232008000900032.

Em 1992, o Brasil modificou seus critérios de classificação toxicológica de agrotóxicos adequando-os à recomendação de classificação de periculosidade da Organização Mundial da Saúde (OMS). Em 2002, o Sistema Globalmente Harmonizado de Classificação e Rotulagem de Produtos Químicos (GHS) foi adotado pela Organização das Nações Unidas. Em decorrência, a OMS está adequando ao GHS sua recomendação de classificação de agrotóxicos, o que também deverá ser feito pelo Brasil. Considerou-se oportuno estimar o impacto da alteração de critérios, ocorrida em 1992, na reclassificação toxicológica dos produtos comerciais que se encontravam registrados na ocasião. Encontrou-se que 58,6% do total dos agrotóxicos então registrados (74,9% das formulações líquidas e 31,0% das sólidas) podem ter sofrido reclassificação para classes toxicológicas consideradas de me-nor periculosidade, sofrendo mudanças na comunicação de riscos expressa na rotulagem. Isto pode ter ocasionado conseqüências negativas devido a confusões de interpretação pelos agricultores. Nos países que já dispõem de sistemas de classificação de periculosidade de agrotóxicos, como o Brasil, recomenda-se estimar, antes da implantação, os impactos das mudanças que poderão decorrer da adoção do GHS.

Keywords : GHS; Agrotóxicos; Comunicação de riscos; Classificação toxicológica; Classificação de periculosidade; Substâncias químicas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese