SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue5Suicidal attempts and obits in the district of Independência, Ceará State, BrazilMedia and drugs: a documental analysis of the Brazilian writing media between 1999 and 2003 author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

MACHIN, Rosana. Nem doente, nem vítima: o atendimento às "lesões autoprovocadas" nas emergências. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2009, vol.14, n.5, pp. 1741-1750. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232009000500015.

Este artigo aborda as concepções e práticas de profissionais de saúde relativas aos casos de "lesões autoprovocadas". Problematiza-se o hiato existente entre sua formação profissional baseada no modelo biomédico e suas práticas de trabalho, nas quais estão presentes dimensões não contempladas pela biomedicina. A referência empírica da pesquisa é um hospital público de emergências na cidade de São Paulo. O estudo de natureza qualitativa foi desenvolvido por meio de observação dos atendimentos, consulta a prontuários médicos e entrevistas com profissionais de saúde. A questão que emerge diz respeito ao modelo de inteligibilidade da doença, baseado no corpo como lócus privilegiado do cuidado, e a doença como um evento de caráter fortuito ou acidental. Contrariamente, as situações de lesões autoprovocadas (tentativas de suicídio, abuso de drogas e álcool) são abordadas como eventos carregados de intencionalidade, resultantes de uma escolha, de uma opção, o que acarreta a não identificação de seus autores como doentes ou vítimas a demandar cuidados.

Keywords : Lesões autoprovocadas; Suicídio; Biomedicina; Práticas de saúde; Violência e saúde.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese