SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue5"Broken hearted teenagers": adolescents that had gone through suicide attemptGender centrality in the process of identity construction of women involved in drug trafficking author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

CAVALCANTI, Alessandro Leite. Lesões no complexo maxilofacial em vítimas de violência no ambiente escolar. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2009, vol.14, n.5, pp. 1835-1842. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232009000500025.

Este estudo investigou a presença de lesões no complexo maxilofacial em crianças e adolescentes vítimas de violência física no ambiente escolar. Foram analisados 42 laudos de exames de corpo de delito envolvendo crianças e adolescentes vítimas de violência física na escola, nos anos de 2003 e 2006. Os dados foram registrados em formulário específico e as variáveis coletadas foram gênero, idade, agente agressor, localização das lesões nas distintas regiões do corpo, tipo e número de lesões presentes, acometimento da cavidade bucal e tipo de envolvimento tecidual. Observou-se que 61,9% das vítimas eram do gênero masculino, sendo a faixa etária de 13 a 17 anos a mais atingida. Os colegas foram os perpetradores mais frequentes (92,9%) enquanto os professores foram os agressores em 7,1% dos casos. Lesões nas regiões da cabeça e face estavam presentes em 69,1% da amostra, com 23,8% das vítimas apresentando injúrias na cavidade bucal, sendo que a totalidade das lesões localizadas em tecido mole, principalmente nos lábios. Constatou-se ser elevada a existência de injúrias na cavidade bucal em vítimas de agressão no ambiente escolar, confirmando a importância da odontologia no diagnóstico de lesões nas regiões da cabeça e face em vítimas de violência física.

Keywords : Violência; Traumatismo múltiplo; Maus-tratos infantis.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese