SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue3Characterization of admission of chemical-dependents in a Psychiatric Admission Unit of the General HospitalThe horizon of rationality about drug dependency in health services: implications to the treatments author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

BORTOLUZZI, Marcelo Carlos; TRAEBERT, Jefferson; LOGUERCIO, Alessandro  and  KEHRIG, Ruth Terezinha. Prevalência e perfil dos usuários de álcool de população adulta em cidade do sul do Brasil. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2010, vol.15, n.3, pp. 679-685. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232010000300010.

Este é um estudo do tipo observacional e transversal envolvendo 707 indivíduos do município de Joaçaba (SC), que visa conhecer a prevalência de usuários regulares de álcool, bem como seu perfil. Os resultados mostram que 45,5% (322) fazem uso de álcool de forma regular e consumiram álcool ao menos uma vez no último mês. O consumo regular de álcool ocorre predominantemente no sexo masculino (p <0,001), entre pessoas abaixo dos 39 anos de idade (p =0,007), ocorre predominantemente naqueles que trabalham em relação aqueles que não estão trabalhando (p <0,001), entre os que têm mais de oito anos de estudo (p <0,001) e com renda superior a 1.738,00 reais (p <0,001). O consumo regular de álcool declarado foi maior na população que considerou sua saúde como regular, boa ou muito boa (p <0,006), bem como esta relação surge naquelas pessoas que não estiveram internadas no último ano (p <0,013). Os níveis de depressão medidos pelo Inventário de Beck para Depressão (BDI) mostraram menores índices de depressão para aqueles que consomem regularmente álcool (p <0,047).

Keywords : Álcool; Prevalência; Perfil de usuários; BAI; BDI.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese