SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue3Ways of life and ways to drink of young indigenous in a transformation contextTobacco in the media: analysis of journalistic texts in the year of 2006 author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

MOTA, Daniel Marques et al. Uso abusivo de benzidamina no Brasil: uma abordagem em farmacovigilância. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2010, vol.15, n.3, pp. 717-724. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232010000300014.

O uso abusivo de medicamentos tem sido objeto de crescente interesse em saúde pública e geralmente veiculado na imprensa brasileira. Dentre os medicamentos, objeto de abuso e que causam dependência física e/ou psíquica, incluemse os barbitúricos, benzodiazepínicos, analgésicos opióides e anfetaminas. Os analgésicos, antitérmicos e antiinflamatórios não esteroidais, apesar de não fazerem parte dessa relação de fármacos, estão, geralmente, associados ao uso recreativo ou fins não terapêuticos. O objetivo deste ensaio é apresentar informações sobre o uso abusivo de benzidamina no Brasil. Trata-se de um estudo descritivo do tipo exploratório, em que foram utilizadas diferentes estratégias metodológicas adotadas na prática de regulação em farmacovigilância. O uso abusivo desse fármaco foi constatado na literatura científica, imprensa e internet. Em função da facilidade na compra de medicamentos sujeitos à prescrição médica, entre outros fatores, devem-se exigir meios e formas para monitorar a comercialização e utilização de medicamentos, assegurando seu uso seguro e racional, incluindo o fortalecimento da farmacovigilância no Brasil.

Keywords : Transtornos relacionados ao uso de substâncias; Benzidamina; Vigilância sanitária de produtos; Sistemas de notificação de reações adversas a medicamentos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese