SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue3Health's integrality: guiding changes in the graduation of the new professionalsImpact of the existing tooth number on daily performance: pilot study author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

OLIVEIRA, Denize Cristina de et al. Representações sociais do trabalho: uma análise comparativa entre jovens trabalhadores e não trabalhadores. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2010, vol.15, n.3, pp. 763-773. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232010000300019.

O trabalho na adolescência é justificado, dentre outros aspectos, pela necessidade econômica das famílias. Os objetivos deste estudo foram analisar o conteúdo e a estrutura da representação social do trabalho na adolescência, entre estudantes trabalhadores e não trabalhadores, entre catorze e dezoito anos; comparar as representações nos dois grupos estudados; verificar se as cognições participantes do núcleo central das representações caracterizadas se confirmam em uma segunda técnica de estudo das representações. A amostra foi composta por 724 alunos do ensino médio da rede pública de ensino da cidade de São Paulo. A coleta de dados foi realizada através da técnica de evocações livres de palavras, utilizando o termo indutor "trabalho", e da realização de 21 grupos focais. Os resultados revelam que a representação do trabalho, em ambos os grupos, foi associada a significados morais e psicossociais positivos. Do ponto de vista metodológico, a maioria dos elementos classificados como participantes do núcleo central da representação foram confirmados nos diferentes eixos temáticos da análise de conteúdo dos grupos focais.

Keywords : Trabalho na adolescência; Adolescência; Representações sociais; Evocação livre; Análise de conteúdo.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese