SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 suppl.1State duty: metamorphosis of the publicization of the existence and production of subjectivitiesMethodology for appropriation of production costs in the primary prenatal care author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

AZEVEDO, Creuza da Silva. A dimensão imaginária e intersubjetiva das organizações de saúde: implicações para o trabalho gerencial e para a mudança organizacional. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2010, vol.15, suppl.1, pp. 977-986. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232010000700004.

Este artigo objetiva explorar caminhos teóricos para analisar a articulação entre a dinâmica intersubjetiva e a construção de processos de mudança em organizações públicas de saúde, discutindo particularmente o papel do gestor neste contexto. Para considerar o fenômeno organizacional, a perspectiva da psicossociologia francesa é apresentada, ganhando destaque a compreensão da dimensão imaginária, grupal e inconsciente das organizações. O trabalho gerencial, compreendido particularmente através da função de liderança, é tratado à luz de uma perspectiva grupal, de base psicanalítica, sendo ressaltado seu potencial estruturante para as organizações. Embora os gestores de organizações de saúde possam potencialmente propiciar o embate entre as forças dominantes do conformismo e as forças instituintes, que favorecem o vínculo e a mudança, a crise de natureza gerencial e assistencial que vivem os hospitais públicos leva a um esvaziamento das capacidades de intermediação social e psíquica desses gestores.

Keywords : Intersubjetividade e gestão; Trabalho gerencial e imaginário; Psicossociologia e gestão em saúde.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese