SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 suppl.1Knowledge production on family health careNurses and doctors turnover: an impasse in the implementation of the Family Health Strategy author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

CARDOSO, Andréia dos Santos  and  NASCIMENTO, Marilene Cabral do. Comunicação no Programa Saúde da Família: o agente de saúde como elo integrador entre a equipe e a comunidade. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2010, vol.15, suppl.1, pp. 1509-1520. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232010000700063.

Este estudo é parte do projeto "Avaliação da Estratégia da Saúde da Família no Município do Rio de Janeiro", desenvolvido na Universidade Estácio de Sá com apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Buscou identificar e analisar a percepção dos agentes comunitários de saúde (ACS) quanto aos seus principais interlocutores, o grau de impacto destes interlocutores e as formas de comunicação predominantes no seu processo de trabalho. É um estudo descritivo, de abordagem qualitativa, com base em categorias teórico-metodológicas da educação popular e do modelo de comunicação do mercado simbólico. Os dados foram coletados em quatro equipes, de duas unidades do Programa Saúde da Família. Os mapas de comunicação elaborados com os ACS identificam o grupo de apoio técnico, a equipe técnica, os próprios ACS e os moradores antigos da comunidade como seus principais interlocutores. A comunicação com os demais profissionais da equipe é percebida de forma predominantemente verticalizada e com traços de autoritarismo. Os resultados revelam a importância de ampliação do diálogo e da negociação na comunicação estabelecida no interior da equipe e com a comunidade.

Keywords : Agente comunitário de saúde; Comunicação em saúde; Participação popular.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese