SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue5Repeated pregnancy among adolescents and social vulnerability in Rio de Janeiro (RJ, Brazil): data analysis of Information System on Live BirthsMissed opportunities for cervical cancer prevention during prenatal care author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

MULLER, Erildo Vicente; BIAZEVIC, Maria Gabriela Haye; ANTUNES, José Leopoldo Ferreira  and  CROSATO, Edgard Michel. Tendência e diferenciais socioeconômicos da mortalidade por câncer de colo de útero no Estado do Paraná (Brasil), 1980-2000. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2011, vol.16, n.5, pp. 2495-2500. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232011000500019.

O objetivo deste artigo é discutir a evolução da mortalidade por câncer de colo de útero no Estado do Paraná entre 1980 e 2000 e analisar seus diferenciais socioeconômicos em cada região. Taxas de mortalidade ajustadas por idade foram calculadas para as 22 regionais de saúde do Estado a cada ano. Análises comparativas avaliaram indicadores socioeconômicos associados com regiões que apresentaram tendência estacionária e crescente de mortalidade. A mortalidade por câncer de colo uterino cresceu no Estado como um todo a uma taxa de 1,68% (IC 1,20-2,17) ao ano. A   maior parte das regiões apresentou tendência estacionária de mortalidade por câncer de colo de útero. As regionais com tendência de aumento na mortalidade apresentaram proporção significativamente mais elevada de analfabetismo (p<0,001) e de adultos (15 anos ou mais) com menos de 4 anos de estudo (p=0,001), e renda per capita (p=0,025) e IDH (p=0,023) inferiores. Houve tendência de aumento na mortalidade em todo o Estado; as regiões que contribuíram para o aumento experimentaram piores indicadores socioeconômicos.

Keywords : Câncer de colo de útero; Epidemiologia; Mortalidade; Câncer; Modelos estatísticos; Tendências.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese