SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue5Socioeconomic trends and differentials in mortality due to cervical cancer in the State of Paraná (Brazil), 1980-2000Body image of women with breast cancer: a systematic review of literature author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

GONCALVES, Carla Vitola et al. Perdas de oportunidades na prevenção do câncer de colo uterino durante o pré-natal. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2011, vol.16, n.5, pp. 2501-2510. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232011000500020.

A gravidez representa uma excelente oportunidade para prevenção do carcinoma cervical, já que o exame ginecológico faz parte da rotina de pré-natal. Foi realizado um estudo transversal, no qual foram entrevistadas 445 puérperas utilizando-se questionários padronizados. A prevalência de CP atualizado era de 38,9% no início da gestação, chegando a 59,1% no puerpério (p>0,001). As puérperas com 19 anos ou menos, não brancas, com escolaridade inferior a onze anos, com renda familiar inferior a um salário mínimo, sexarca aos 15 anos ou menos, início do pré-natal após o primeiro trimestre e com o acompanhamento no Sistema Único de Saúde (SUS) apresentaram menor cobertura do citopatológico. Na análise ajustada, essas variáveis não mostraram significância associada à cobertura do citopatológico. Entretanto, a realização do pré-natal mostrou uma tendência à melhora da cobertura do CP com razão de prevalência de 1,18 (95%CI: 0,98-1,42). O serviço local de saúde mostrou-se pouco efetivo, revelando a necessidade de aumentar a cobertura do citopatológico, motivando e capacitando os profissionais quanto à importância dos procedimentos da rotina pré-natal.

Keywords : Assistência pré-natal; Prevenção do câncer do colo uterino; Avaliação da qualidade dos cuidados de saúde; Desigualdades em saúde.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese