SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue6Use and access of the elderly to primary health care services in Porto Alegre (RS, Brasil)Prevalence of housebound elderly people in the urban region of Belo Horizonte (Minas Gerais, Brazil) author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

CARVALHO, Maitê Peres de; LUCKOW, Eliara Lüdtke Tuchtenhagen  and  SIQUEIRA, Fernando Vinholes. Quedas e fatores associados em idosos institucionalizados no município de Pelotas (RS, Brasil). Ciênc. saúde coletiva [online]. 2011, vol.16, n.6, pp. 2945-2952. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232011000600032.

O crescimento da população idosa tem despertado o interesse dos profissionais de saúde por ser o envelhecimento um processo importante à saúde. Um estudo com delineamento transversal de base institucional foi realizado com indivíduos de 65 anos ou mais residentes em instituições de idosos no município de Pelotas (RS) com o objetivo de verificar a prevalência de quedas e verificar alguns fatores associados a esse evento. A prevalência de quedas encontrada foi de 33,5%, sendo o quarto o local de maior prevalência (37%). Do total de indivíduos que relataram alguma queda, 16,9% fraturaram-se devido à queda. Cerca de 70% das quedas ocorreram na instituição. O tornozelo e o quadril foram os locais anatômicos de maior prevalência desse agravo, com 33,3%. Concluímos que a prevalência de quedas em idosos institucionalizados é alta e os agravos decorrentes das mesmas são preocupantes. Fazem-se necessárias medidas de intervenção por parte dos gestores e profissionais da saúde no sentido de minimizar esses índices e de proporcionar melhor qualidade de vida para os idosos institucionalizados.

Keywords : Idosos institucionalizados; Quedas; Fraturas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese