SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 suppl.1Quality of life related to oral health: contribution from social factorsCommunity Health Agent: status adapted with Family Health Program reality? author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

BUSATO, Ivana Maria Saes et al. Avaliação da percepção das equipes de saúde bucal da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba (PR) sobre o tratamento restaurador atraumático (ART). Ciênc. saúde coletiva [online]. 2011, vol.16, suppl.1, pp. 1017-1022. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232011000700034.

Avaliou-se a percepção das equipes de saúde bucal sobre o tratamento restaurador atraumático (ART) como estratégia da atenção básica em saúde bucal na Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba (PR). Foram pesquisadas as Unidades de Saúde (US) que trabalham com a Estratégia da Saúde da Família (USESF) e as que não trabalham (USB). A amostra foi de 191 profissionais proporcionalmente (IC=95%, e=6%). Utilizou-se questionário para a coleta de dados. As informações foram analisadas por meio do programa SPSS 13.0. A taxa de resposta foi 82%. O teste qui-quadrado não revelou diferença estatisticamente significativa entre as USESF (83,1%) e USB (74,3%) quanto ao conhecimento da técnica (p>0,05). Diferença foi encontrada quanto à capacitação em ART entre as diferentes US (p<0,01) e o emprego da técnica no serviço (p<0,01). Os tempos de formação e de atuação profissionais na secretaria foram relevantes sobre conhecimento da técnica e tomada de decisão clínica frente ao ART. Concluiu-se que a capacitação sobre ART é necessária na atenção básica, em virtude das diferentes percepções reveladas.

Keywords : Atenção primária à saúde; Saúde da família; Cimentos de ionômero de vidro.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese