SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 suppl.1The technology of virtual reality resource for formation in public health in the distance: an application for the learning of anthropometric proceduresCompleteness variable evaluation from death certificate of children less than one year in Pernambuco State, 1997-2005 author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Ciência & Saúde Coletiva

Print version ISSN 1413-8123

Abstract

SANCHEZ, Zila van der Meer; OLIVEIRA, Lúcio Garcia de; RIBEIRO, Luciana Abeid  and  NAPPO, Solange Aparecida. O papel da informação como medida preventiva ao uso de drogas entre jovens em situação de risco. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2011, vol.16, suppl.1, pp. 1257-1266. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232011000700058.

Entre os jovens, o uso de drogas ilícitas é um problema de saúde coletiva que desperta atenção. Poucos estudos sobre motivos para o não uso de drogas exploram o real papel da informação como método preventivo. O objetivo do estudo é analisar, entre adolescentes e jovens em situação de risco, os motivos para o não uso de drogas ilícitas, destacando o impacto da informação como fator protetor. Através de metodologia qualitativa, adotou-se uma amostra intencional, selecionada por informantes-chave e por "bola de neve". Foram entrevistados 62 adolescentes e jovens entre dezesseis e 24 anos, de baixa classe socioeconomica. Destes, 32 eram não usuários de drogas (NU) e trinta eram usuários pesados (U). Entre o grupo NU, a informação destacou-se como principal motivo de não uso, através do conhecimento de aspectos positivos e negativos. O principal meio de veiculação foi a família, seguido da observação da experiência negativa vivenciada por amigos que já faziam abuso. Em contrapartida, no grupo U, prevaleceu a falta de informação ou a disponibilidade de conhecimentos vagos. Dispor de informações adequadas sobre o tema "drogas" parece essencial à prevenção do uso experimental entre adolescentes e jovens em situação de risco. No entanto, a informação que mais parece eficaz é a transmitida pela família.

Keywords : Informação; Drogas; Prevenção; Família; Pesquisa qualitativa.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese